20/05/2009

A natureza do casamento

" No inicio de minha carreira profissional, eu era uma ávido estudante de antropologia. Durante os estudos de graduação e pós-graduação naquela disciplina, examinei etnografias compiladas ao longo dos anos por vários antropólogos. Uma descoberta conclusiva desses estudos dizia que o casamento entre um homem e uma mulher é a estrutura social central em TODA sociedade humana, sem exceção. Também é verdade que o casamento monógamo para toda a vida é a norma cultural universal. É claro que algumas pessoas se desviarão dessa prática, como acontece na poligamia (que ainda é encontrada em algumas culturas sem língua escrita) e na monogamia serial (que se tornou prática comum em algumas culturas ocidentais), mas tais exceções não extinguem da psique humana a norma cultural da monogamia vitalícia. Na verdade, pesar da aceitação generalizada do divórcio nos Estados Unidos ao longo dos últimos quarenta anos, uma crescente pesquisa com solteiros com idade entre 20 e 30 anos, que nunca se casaram, mostra que 87% faziam planos de se casar uma única vez. Muitas dessas pessoas viram os pais se divorciar, e isso não é o que elas querem para si mesmas. "


Gary Chapmam, As quatro estações do casamento, Editora Mundo Cristão, 2006, p. 17