31/07/2009

28/07/2009

Ei, botões!

Sou encantada por projetos do tipo DIY e a Martha Stuart sempre alimenta a minha paixão, com idéias sempre surpreendentes! Pra quem gosta de botões, não faltam sugestões: Marcador de lugares, boutoniér (para a lapela do terno ), porta-guardanapos, caixinhas de lembrança, sabonetes, enfim, pra escolher!









24/07/2009

Um e-mail dos fofos


Convite Aceito !!!!!!!!‏
De: Murilo Scarpellini
Enviada: sexta-feira, 24 de julho de 2009 13:39:53
Para: Guimaraes, Caue; Priscila Goes


aaaaaaaaaeeeeeeeeeeeeehhhhhhhhhhhhh ... chegou ...
a gente aceita né .. fazer o q ...
brincadeira, como ja dissemos sera uma grande alegria e uma honra pra nós ...
contem com a gente sempre ...
grande bjo
Murilo e Fernanda

* * *

Lindos amamos o e-mail de vcs!
Pena que não foi possível enviar o brinco junto Fê, mas eu te entrego em Setembro
quando vocês vierem pra cá. Saudades!

23/07/2009

Inspiration Board




Tarefa para o Davi Martins que agora é o fotógrafo oficial:
Os melhores focos e as melhores cenas que não devem faltar no nosso livro de fotos!

21/07/2009

Quem é ela?


Ela é linda
É nostálgica
É sábia
É uma artista incrivelmente completa
É família
é divertida
É igreja
É bíblia
Obcecada por amigos... e estar com eles
Seu nome é alegria
Respira e vive música 24 horas por dia
É um tesouro escondido que o mundo ainda não conheceu... mas a hora chega já
É de honra, minha dama, minha amiga, minha mana
è um presente de Deus te-la em minha vida
E hoje, 21 de Julho, é o seu dia
isso mesmo amigos, hj é niver da Leticia!

20/07/2009

Black pra festa...
















Intercâmbio Brasil - Angola - Itália





Relatório I Congresso de educação e cultura social
Março de 2008

O projeto do evento surgiu a partir de conversações entre um membro da ONG Brasileira Inri que foi a Angola e conheceu a Ong Italiana Amen, mantenedora do Centro Escolar Benjamino, em Cacuaco, província de Luanda, dirigida por um casal de brasileiros. As duas instituições estabeleceram parcerias e passaram a desenvolver atividades como palestras sobre saúde, orientação sexual e planejamento familiar. No dia a dia do centro escolar, observaram as profundas deficiências do sistema, sobretudo na formação de professores, os quais grande parte tem apenas o nível fundamental. Com o fim da guerra civil, muitos buscaram a educação como uma fonte de renda. Neste ínterim das conversações, o Ministério de Educação e Cultura do Brasil abriu inscrições para financiamento de projetos culturais. O projeto foi contemplado com verba correspondente a 30% do custo total, e possibilitou a realização do congresso com o objetivo de contribuir para a formação e aperfeiçoamento de profissionais da educação em Angola – Luanda - Cacuaco. A princípio seria direcionado aos 30 professores do Centro escolar Benjamino, mas no decorrer do processo, conseguiu-se também o apoio da Secretaria de Educação de Cacuaco, que convocou mais de 600 professores para o evento, dispensando-os de suas atividades a fim de que participassem do Congresso.
Dentro das palestras ministradas por mim, foram abordados os temas de cultura popular, arte africana e leituras de artistas de outras culturas, metodologias do ensino de arte (triangular, multipropósito, DBAE), e ações educacionais brasileiras no campo das artes; teóricos brasileiros, atividades de expressão corporal e exemplos de propostas a serem trabalhadas em sala. Também estabeleceu-se vínculos com os assuntos abordados por outros palestrantes como metodologia do teatro e música popular brasileira, de forma que preparamos ao final do congresso apresentações musicais e um grande coral com os professores.
Este evento proporcionou á toda a equipe brasileira uma vivência significativa com a cultura, língua e costumes deste país. Observamos semelhanças que nos tornam irmãos devido á mesma colonização por Portugal, constatamos o amor que todo o povo de modo geral nutre por nosso país, e ainda a relação que eles tem com a nossa cultura, com as novelas, futebol e etc. Foi possível concluir o quanto somos um país abençoado e rico, e a nossa educação, ainda que constantemente alvo de críticas e acusações, é de longe melhor estruturada e mais eficaz.

1999

_ Visita à esta hora?

Vão pensando cada uma das filhas, se aninhando em suas camas tentando prolongar o sono. Mas o barulho era estranho e intenso e ainda eram 7h00 da manhã!!! A movimentação era na sala, na cozinha, no corredor...

_ Só falta entrarem aqui!

Pensa a filhaprimeira, se revolvendo no cobertozão marrom, já saltando do beliche branco de tubo, num misto de irritação e curiosidade, afinal,

_ isso era hora de se visitar alguém?

A mãe adentra o quarto, tirando cada uma de seus pensamentos... talvez pudesse explicar tudo aquilo... ela vai falando assim de forma direta e rápida, como lhe era peculiar....

_ filha, o pai faleceu!

_ tá. – uma pausa pra organizar as idéias - que horas foi?

_ De madrugada, ás cinco da manhã.

Outra pausa.

_ Vem levanta, já tem gente em casa.

A cama antes confortável, parecia-lhe áspera. A sensação era até de que estava se mexendo.... mas espere...estava mesmo.... era a filhasegunda na cama de baixo. A esta altura, recebera o fatídico recado.

Leva um tempo pro cérebro humano computar esse tipo de informação. Dez minutos. Oito horas. Alguns anos. Nunca. Cada uma processa de modo diferente. Depende da fé, das forças, do preparo. Depende de si mesmo.

Instaurou-se a correria e o caos. Desenas de pessoas entrando e saindo, o telefone a 10.000 ligando pra Deus e o mundo, fazendo de tudo pra estrgar o sábado de quantas mais pessoas fossem possíveis de contatar.

O sábado.

Ironicamente lindo, com um sol luminoso de verão que invadia todos os comodos do apartamento.

O telefone.

O telefone era o que mais fazia doer. Diferentes pessoas repetindo, repetindo vez após vez o fato que muitos ainda rejeitavam para si mesmos, num ato de auto-preservação.

A esta altura onde estaria a irmãsegunda? O canto choramingado misturado com lágrimas, que vinha da direção do banheiro denunciava seu paradeiro. Ter um tempo com o Pai no chuveiro era o único lugar seguro no meio daquela balbúrdia. Ao longo do dia cada uma das quatro usaria deste recanto como recurso pra se refazer por dentro. E naõ somente neste dia como em muitos, muitos outros. Era a combinação perfeita: angústia + choro + oração + louvor + banho.

Foi assim nesta casa. Sem quebrar nada, sem gritaria, sem desepero.

Só dependência de deus.

16/07/2009

Make up






Na recepção de um salão de cabelereiro eis que com o meu celular eu tiro estas fotos de maquiagem que simplesmente amei! Não bastasse eu ainda as publico, tão encantada que fiquei, não só com a maquiagem, mas também com os cabelos!