20/07/2009

Intercâmbio Brasil - Angola - Itália





Relatório I Congresso de educação e cultura social
Março de 2008

O projeto do evento surgiu a partir de conversações entre um membro da ONG Brasileira Inri que foi a Angola e conheceu a Ong Italiana Amen, mantenedora do Centro Escolar Benjamino, em Cacuaco, província de Luanda, dirigida por um casal de brasileiros. As duas instituições estabeleceram parcerias e passaram a desenvolver atividades como palestras sobre saúde, orientação sexual e planejamento familiar. No dia a dia do centro escolar, observaram as profundas deficiências do sistema, sobretudo na formação de professores, os quais grande parte tem apenas o nível fundamental. Com o fim da guerra civil, muitos buscaram a educação como uma fonte de renda. Neste ínterim das conversações, o Ministério de Educação e Cultura do Brasil abriu inscrições para financiamento de projetos culturais. O projeto foi contemplado com verba correspondente a 30% do custo total, e possibilitou a realização do congresso com o objetivo de contribuir para a formação e aperfeiçoamento de profissionais da educação em Angola – Luanda - Cacuaco. A princípio seria direcionado aos 30 professores do Centro escolar Benjamino, mas no decorrer do processo, conseguiu-se também o apoio da Secretaria de Educação de Cacuaco, que convocou mais de 600 professores para o evento, dispensando-os de suas atividades a fim de que participassem do Congresso.
Dentro das palestras ministradas por mim, foram abordados os temas de cultura popular, arte africana e leituras de artistas de outras culturas, metodologias do ensino de arte (triangular, multipropósito, DBAE), e ações educacionais brasileiras no campo das artes; teóricos brasileiros, atividades de expressão corporal e exemplos de propostas a serem trabalhadas em sala. Também estabeleceu-se vínculos com os assuntos abordados por outros palestrantes como metodologia do teatro e música popular brasileira, de forma que preparamos ao final do congresso apresentações musicais e um grande coral com os professores.
Este evento proporcionou á toda a equipe brasileira uma vivência significativa com a cultura, língua e costumes deste país. Observamos semelhanças que nos tornam irmãos devido á mesma colonização por Portugal, constatamos o amor que todo o povo de modo geral nutre por nosso país, e ainda a relação que eles tem com a nossa cultura, com as novelas, futebol e etc. Foi possível concluir o quanto somos um país abençoado e rico, e a nossa educação, ainda que constantemente alvo de críticas e acusações, é de longe melhor estruturada e mais eficaz.