04/11/2010

Projeto Bienal

“ Há sempre um copo de mar para um homem navegar”


A 29ª. Bienal de Arte de São Paulo está ancorada na idéia de que é impossível separar a arte da política. Os trabalhos compartilham aspectos denominados de “Política da Arte”, e de seis espaços de convívio e reflexão – chamados de terreiros – que abrigarão discussões e atividades variadas. Esses terreiros são nomeados por questões específicas que orientam a mostra e enfatizam a presença profunda e diversa da arte na vida. São eles:

A PELE DO INVISÍVEL
O que permanece invisível no nosso dia-a-dia?

DITO, NÃO DITO, INTERDITO.
Porque calar?

EU SOU A RUA
Como começar uma cidade?

LEMBRANÇA E ESQUECIMENTO
De que é feita a memória?

LONGE DAQUI, AQUI MESMO.
Como a arte pode mudar a vida?

O OUTRO, O MESMO.
O que você enxerga do outro em você?

PROPOSIÇÃO: Esta proposta de trabalho tem por objetivo incentivar o contato e reflexão sobre arte contemporânea e suas linguagens, bem como ampliar o repertório pessoal do aluno em preparação a visita técnica da exposição.
1. Pesquise sobre os temas, artistas e obras da Bienal e desenvolva uma redação, escrevendo sobre as questões de um dos terreiros mencionados.
2. Escolha uma forma criativa para representar as idéias e conhecimentos na linguagem visual: desenho, pintura, colagem fotografia. As produções devem ser entregues a Profa. Priscila, em folha A4


Para conhecer melhor os temas e assuntos da 29a. Bienal acesse o grupo deste blog e faça o download do material educativo, com a descrição dos artistas e obras!
Link: https://culturaehtudo.googlegroups.com/web/Material%2520Educativo%2520-%2520consulta.pdf?hl=pt-BR

Boa pesquisa!