03/02/2011

Tudo o que sai do artista é arte?

      Este é um dos principais questionamentos propostos pelo artista italiano Piero Manzoni(13 de julho de 1933 - 06 fevereiro de 1963), conhecido por sua ironica Arte Conceitual . Influenciado pelo trabalho de Yves Klein , sua obra antecipou e influenciou diretamente o trabalho de uma geração de jovens artistas italianos reunidos pelo crítico Germano Celant na Arte Povera, exposição realizada em Gênova em 1967. Manzoni é famoso por uma série de obras que põem em questão a natureza do objeto artístico e seu verdadeiro valor. Sua obra evita materiais normais, e se permite usar tudo, desde pele de animais a excremento humano, a fim de "explorar as fontes mitológicas e de se realizar e os valores universais da fé".
     Seu trabalho é amplamente visto como uma crítica à produção em massa e ao consumismo que estava mudando a sociedade italiana (o "Milagre Econômico"), após a Segunda Guerra Mundial.
                                                    

"Artist's Shit" - Cocô do artista.


        Em maio de 1961 Manzoni criou 90 latinhas, seladas com o texto Merda de Artista (Merda d'Artista) com a descrição "Artist's Shit", conteúdo líquido, 30gr recém-preservada, produzido e enlatado maio 1961.

Com cerca de 30 gramas, as latas foram vendidas por peso, com base no valor atual do ouro (cerca de 1,12 dólares o grama em 1960). O conteúdo das latas foi largamente especulado, visto que não poderia ser abertas para não perderem o valor de obra de arte . Várias teorias foram propostas, incluindo a idéia de que o conteúdo é de gesso. Nos anos seguintes, as latas se espalharam por várias coleções de arte em todo o mundo e renderam preços de obras de grande porte, superando de longe a inflação. No leilão mais recente, a lata no. 19 foi vendida em 26 de fevereiro de 2007 nos EUA por US $ 80.000 dólares. Ela foi descrita por Stephen Bury como:

"É uma piada, uma paródia do mercado de arte, e uma crítica do consumismo e do desperdício que gera."

No período em quw estas peças foram criadas, Manzoni foi envolvido na criação de obras que explorou a relação entre produção artística e de produção humana. Outro exemplo disso seria a peça "Sopro de Artista" ("Fiato d'artista") uma série de balões cheios de "ar Manzoni" ...